Defesa do ex-presidente brasileiro Lula desmente novas acusações de corrupção

Havana, 12 de dezembro (RHC).- A defesa do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que as novas acusações do Ministério Público Federal carecem de provas concretas.

Os advogados apontaram que o processo está baseado em supostos benefícios obtidos por Lula na remodelação do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, propriedade de um amigo do ex-mandatário. E sublinha que não foram apresentadas provas que levem à acusação de corrupção passiva.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up