Venezuela ratifica rumo ao socialismo apesar das pressões dos EUA

Havana, 12 de março (RHC).- O presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, ratificou que o país manterá o rumo socialista e antiimperialista traçado pela Revolução Bolivariana apesar das medidas coercitivas aplicadas pelos EUA.

Falando no seu programa “Con el mazo dando”, no canal Venezolana de Televisión, Cabello rechaçou a decisão do presidente Donald Trump de renovar a ordem executiva emitida em 2015 por seu antecessor Barack Obama, que declara a nação sul-americana como uma ameaça inusual e extraordinária à segurança nacional norte-americana.

O deputado, vice-presidente do PSUV – Partido Socialista Unido da Venezuela, criticou as campanhas na mídia sobre presumíveis ações repressivas contra mobilizações da oposição convocadas por Juan Guaidó.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up