Vacina antiCovid-19 cubana Soberana 02 amplia fase 2 de ensaios clínicos

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2021-01-19 18:30:01

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Foto: Radio Rebelde

Havana, 19 de janeiro (RHC).- A vacina antiCovid-19 cubana Soberana 02, uma das quatro candidatas em processo de testes para sua validação, ampliou os ensaios clínicos de fase 2.

O produto, concebido pelos cientistas do Instituto Finlay, contém o domínio de união ao receptor da proteína S1 combinado com o toxóide tetânico absorvido em gel de alumínio. É administrado através de uma injeção intramuscular.

Nesta etapa são incluídos mais de 800 voluntários de 19 a 80 anos de idade. Se o resultado for favorável, a Soberana 02 passará à fase 3, da qual participarão cerca de 150 mil pessoas. Isso poderia acontecer em março. As quatro candidatas cubanas a vacina antiCovid-19 são as Soberanas 01 e 02, a Mambisa e a Abdala.

Eduardo Martínez, presidente do grupo empresarial BioCubaFarma, declarou à rede de televisão “Russia Today” que em dependência da eficácia nos ensaios, a que estiver mais avançada poderia receber autorização das autoridades correspondentes para seu uso emergencial, levando em conta a urgência de vacinar a população cubana ante a presença do Sars-Cov2 no país, especialmente as pessoas mais vulneráveis ou em situação de risco maior.

Martínez revelou que os cientistas e pesquisadores cubanos trabalham para obter mais de uma vacina antiCovid, com o propósito de avaliar qual seria a mais indicada em cada faixa etária.

“Isso ainda não está definido, mas deve ser dessa maneira”, apontou o presidente do BioCubaFarma. Há poucos dias foi assinado um acordo com o Irã para testar nesse país a Soberana 02 com vistas a acelerar o processo, em benefício de ambos os povos.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Desde Mi Habana
A seguir
  • La Trova Cubana
  • Retrato de Jazz
  • Estampas

Mais vistas

up