Bloqueio norte-americano prejudica indústria biofarmacêutica de Cuba

Havana, 27 de abril (RHC).- O grupo empresarial da indústria biofarmacêutica cubana BioCubaFarma denunciou o impacto nesse setor do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA desde o começo dos anos 60.

Ressaltou que essa política provocou o aumento nos custos dos insumos necessários para desenvolver as candidatas cubanas de vacina antiCovid-19, porque os fornecedores habituais se negaram a vendê-los por temor às represálias de Washington.

Ante essa situação, a compra teve de ser feita através de terceiros, além de que foi afetada a aquisição de matérias primas e peças sobressalentes para garantir os medicamentos de produção nacional.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up