Chanceler Bruno Rodríguez afirma que EUA usam pressões e subversão contra Cuba

Havana, 14 de outubro (RHC).- O chanceler Bruno Rodríguez afirmou que o governo dos EUA usa uma estratégia contra Cuba que inclui a pressão econômica e o financiamento dos que aderem à sua agenda de desestabilização.

No Twitter, compartilhou um editorial do jornal “Granma”, que revela os objetivos de uma passeata convocada para novembro, cujos organizadores têm vínculos comprovados com organizações subversivas ou agências financiadas por Washington. As autoridades em vários municípios do país não deram autorização para as manifestações, levando em conta seus fins ilícitos.

O diário, órgão oficial do Partido Comunista de Cuba, advertiu que, de acordo com a Constituição, o direito de manifestar-se não pode ser utilizado para subverter o sistema político vigente, derrubar o projeto socialista nem estabelecer alianças com grupos e organizações que recebem dinheiro procedente dos EUA.

Editado por Irene Fait



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up