Logo Radio Habana Cuba

Radio Havana Cuba

Uma voz de amizade que percorre o mundo

  • Siga-nos em

#NoMasBloqueo #SolidaridadVsBloqueo

Presidente cubano ressalta eficácia do isolamento social na contenção da Covid-19

Havana, 15 de maio (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel ressaltou a eficácia do isolamento social na contenção da Covid-19. Falando na reunião diária sobre a situação epidemiológica do país, disse ter sido muito importante o internamento de todos os contagiados, seus contatos e casos suspeitos em instalações de saúde e centros de isolamento, reduzindo assim a propagação do novo coronavírus entre a população. “Isso nos deu a oportunidade de identificar um número maior de pessoas e barrar fontes de contágio”, indicou.

No encontro, o governador de Havana, Reinaldo García, explicou as medidas de vigilância epidemiológica e prevenção tomadas nas oito áreas onde foram detectados focos da doença, inclusas as que tem a ver com facilidades no comércio e serviços nos municípios mais afetados para diminuir a necessidade das pessoas de saírem do bairro para adquirir os produtos básicos.

O ministro de Energia e Minas, Livan Arronte, explicou as medidas tomadas para diminuir o consumo de eletricidade no setor empresarial e doméstico. Disse que é preciso manter essas decisões e elevar a consciência de poupança na população, levando em conta o gasto de combustível na geração, baseada principalmente em termelétricas e instalações menores que utilizam diesel.

A direção do governo também se reuniu com pesquisadores e dirigentes de centros que contribuem a aplicação das ciências no enfrentamento à pandemia. Niurka Pías, diretora do Centro de Imunoensaio, abordou o diagnóstico da Covid-19 com a tecnologia SUMA – Sistema Ultramicroanalítico, concebida por especialistas cubanos e utilizada com sucesso há duas décadas para detectar o HIV e outras enfermidades. Explicou que o equipamento permite ampliar a busca de possíveis portadores do novo coronavírus, embora o teste definitivo continue sendo o PCR.

Por sua vez, Raul Ginovart, decano da Faculdade de Matemática e Computação da Universidade de Havana, sublinhou que o cenário positivo em Cuba foi possível em boa parte pelo isolamento precoce das pessoas suspeitas de contágio e seus contatos. “Isolar essas pessoas tem sido oneroso, porém, serviu para cortar a transmissão”, apontou.

Hoje, o doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, informou que nas últimas 24h foram diagnosticados em Cuba 10 casos positivos da Covid-10, para um total de 1.840, dos quais 1.425 já receberam alta hospitalar. Pelo segundo dia consecutivo, não se registraram óbitos pela doença. São 79 desde que foi detectado o primeiro caso no país.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
Comentários
Deixe um comentário
Contador de Visitas

8019680

  • maxima: 19729
  • yesterday: 6118
  • today: 6306
  • online: 347
  • total: 8019680