Presidente da Casa de las Américas adverte sobre guerra cultural dos EUA

Havana, 6 de julho (RHC).- O presidente da instituição cultural cubana Casa de las Américas, Abel Prieto, advertiu que o presidente dos EUA, Donald Trump, tenciona levar adiante uma guerra cultural, referindo-se ao teor do discurso pronunciado em quatro de julho, data da independência norte-americana.

Na ocasião, Trump buscou acirrar as divisões políticas e lançou ameaças contra o que chamou de “extrema esquerda”, que na sua opinião se alastra pelas escolas, a mídia e outros segmentos da vida social.

Recentemente, Casa de las Américas exortou a frear o avanço do fascismo e exigiu o fim do racismo nos EUA e no mundo.

Acostumado a dominar através da força e a não prestar contas por isso, o sistema é incapaz de controlar seus instintos primitivos, exacerbados desde a chegada de Donald Trump à Presidência dos EUA, apontou a entidade, com sede em Havana.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up