Cuba e China rechaçam intentos dos EUA de desestabilização

Havana, 11 de agosto (RHC).- Cuba e China rechaçaram os intentos dos EUA de desestabilizar a situação em ambas as nações e sua ingerência nos assuntos internos.

Num encontro em Pequim, o vice-ministro chinês das Relações Exteriores, Zheng Zeguang, e o embaixador cubano, Carlos Miguel Pereira, lamentaram a postura de Washington.

Ambos ressaltaram o potencial de colaboração no enfrentamento à Covid-19. Zheng reiterou que o governo da nação asiática condena a vigência do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a esta Ilha desde o começo da década de 1960, endurecido notavelmente durante o mandato do presidente Donald Trump.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up