ONU alerta para risco de doenças em Moçambique após passagem do ciclone Keneth

Foto: Archivo.

Havana, 3 de maio (RHC).- Stefan Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU Antonio Guterres, alertou que cerca de 190 mil pessoas em Moçambique precisam de atenção médica urgente e estão em risco de pegar alguma doença depois da passagem do furacão Keneth.

Disse que a falta de acesso às zonas afetadas pelos fortes ventos e chuvas torna difícil avaliar o alcance total dos prejuízos. Lembrou que Keneth foi o segundo ciclone de grande magnitude que atingiu Moçambique num período de cinco semanas.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up