Presidente cubano destaca papel da ciência no combate ao coronavírus

Havana, 20 de abril (RHC).- O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, afirmou que os homens de ciência desta Ilha abrem caminhos para enfrentar melhor o novo coronavírus.

No Twitter, disse que o trabalho feito permite uma melhor preparação no combate à pandemia a partir de recursos e tecnologias próprias. Indicou que a meta é erradicar a doença, de alta letalidade, e no futuro poder encontrar uma vacina.

Díaz-Canel se reuniu com especialistas e representantes das instituições científicas do país para abordar sua contribuição à luta contra a Covid-19. Isso indica a validade do método científico para lidar com contingências, porque contribui à tomada de decisões e à efetividade das ações empreendidas.

No encontro informou-se que se pesquisa na possibilidade de utilizar o SUMA – Sistema UltraMicro Analítico no diagnóstico da enfermidade. O equipamento, concebido e fabricado no país para detectar casos de AIDS e várias outras doenças, permitiria fazer testes em massa e de baixo custo com tecnologia nacional, sem depender do exterior.

Nesta segunda-feira, o diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, doutor Francisco Durán, informou que ontem foram detectados no país 52 novos casos positivos. Do total de 1.087, faleceram até agora 36 pacientes e 285 receberam alta hospitalar. Neste instante há nove internados em estado crítico e 11 graves.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up