Comissão examina alternativas de gastos para Olimpíada de Tóquio'2020

Havana, 5 de novembro (RHC).- O diretor-executivo do Comitê Olímpico Internacional, Christophe Dubi, declarou que uma comissão de especialistas examinará até o final deste mês as alternativas para cortar gastos nas obras dos Jogos de Tóquio'2020.

Informou que houve uma reunião com os organizadores e representantes da cidade e do governo japonês, na qual ficou claro que ainda existem opções para enxugar o orçamento, principalmente quanto a evitar construir instalações caras na capital transferindo as sedes de algumas provas a localidades próximas. Isso requer uma análise das que já estão funcionando e só precisam de algum retoque.

No final de setembro, um grupo de investigação designado pela nova governadora de Tóquio, Yuriko Koike, tinha aconselhado levar a canoagem e o remo à prefeitura de Miyagi, a 400 km de distância. Agora, a comissão vai estudar se outros esportes poderiam ser transferidos.

Editado por Martha C. Moya



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up