ONU condena sequestro e assassinato de jornalistas no Equador

ONU condena sequestro e assassinato de jornalistas no Equador.

Havana, 19 de abril (RHC).- A secretária-geral adjunta da ONU, Amina Mohamed, condenou o recente sequestro e assassinato de uma equipe de jornalistas no Equador na zona fronteiriça com a Colômbia.

Mohamed recebeu o embaixador equatoriano no organismo internacional, Diego Morejón, e lhe transmitiu o rechaço do secretário-geral, Antonio Guterres, a crimes desse tipo. Reiterou a solidariedade da ONU ao povo e governo do Equador.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up