Rússia denuncia armamentismo dos EUA e da OTAN perto de suas fronteiras

Havana, 26 de dezembro (RHC).- A Rússia denunciou o incremento do armamento estratégico dos EUA e da OTAN estacionado perto de suas fronteiras.

Vladimir Koroliov, chefe da Frota Naval russa, indicou que nos últimos tempos estão sendo concentrados nos mares próximos navios norte-americanos munidos de armas estratégicas não nucleares de alta precisão e de sistemas antimísseis. Também estão sendo reforçadas as estruturas militares de nações vizinhas, tudo sob pretexto de uma suposta ameaça russa à Europa.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up