Ex-presidente brasileiro Lula diz que se sente mais livre que os juízes que o condenaram

Havana, 13 de setembro (RHC).- O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que se sente mais livre que os juízes que o condenaram. Ele está preso desde abril do ano passado após ser processado sem provas concretas por supostos delitos de corrupção.

A afirmação foi veiculada pelo argentino Adolfo Pérez Esquivel, prêmio Nobel da Paz em 1980, e o jornalista espanhol Ignacio Ramonet, que o visitaram onde está confinado na cidade de Curitiba. Ambos garantiram que Lula está muito bem fisicamente, faz ginástica todos os dias e se mantém ativo do ponto de vista intelectual, emitindo análises brilhantes sobre a situação no Brasil e na América Latina.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up