Venezuela defende vigência da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos

Havana, 27 de setembro (RHC).- O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, chamou os membros da CELAC – Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos a manterem vigente o bloco regional apesar das dificuldades atuais e históricas.

Falando na reunião ministerial da entidade, no marco das sessões da Assembleia Geral da ONU, Arreaza apontou que esse projeto foi arvorado por Simón Bolívar em 1824 e retomado nos últimos tempos. Do encontro participaram os chanceleres dos 33 países membros da CELAC.

O México assumirá a presidência rotativa em 2020. O chanceler Marcelo Ebrard externou o compromisso de defender os valores fundacionais para encontrar posturas comuns acima das divergências.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up