Jornalistas brasileiros defendem profissão dos ataques de Bolsonaro

Brasília, 21 novembro (RHC).- A Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) e os Sindicatos de Jornalistas Profissionais do Brasil convocaram a uma assembleia em todos os estados para defender a profissão dos ataques do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o portal Brasil de Fato, os jornalistas se reuniram nesta quinta-feira em encontros descentralizados nos estados, como um tipo de assembleia nacional.

O tema central foi a luta contra a medida provisória 905/2019 assinada por Bolsonaro que elimina a obrigação de registro profissional para trabalhar como jornalista.

A Fenaj julga que com o fim da obrigatoriedade do diploma – suprimido em 2009 pelo Supremo Tribunal Federal –o fim do requisito de inscrição prefigura ainda mais a profissão e também prejudica a população.

Estudo da Fenaj realizado a 1º de novembro revela que nos primeiros 10 meses de 2019 Bolsonaro atacou os jornalistas e o jornalismo em média duas vezes por semana.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up