Central Operária Boliviana rejeita eventual adiamento das eleições

Havana, 16 de julho (RHC).- A COB – Central Operária Boliviana, o Pacto de Unidade e organizações sociais da cidade de El Alto advertiram que não vão permitir um novo adiamento das eleições gerais de seis de setembro.

“Precisamos nestes momentos um governo eleito democraticamente, com novas políticas”, declarou em coletiva de imprensa o secretário executivo da COB, Juan Carlos Huarachi.

Por sua vez, a Federação de Juntas de Moradores de El Alto denunciou que o governo de facto não prestou atenção aos centros de saúde da região em meio à pandemia. Advertiu que as pessoas estão morrendo nas ruas, enquanto as autoridades desprezam a medicina tradicional e outros tratamentos.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up