Quase 20 milhões de pessoas testaram positivo de Covid-19 no continente americano

Havana, 27 de outubro (RHC).- Desde que começou a pandemia, quase 20 milhões de pessoas deram positivo para a Covid-19 no continente americano, e mais de 626 mil faleceram pela doença.

Na Europa foram 9,2 milhões de contagiados, no sul da Ásia 8,9 milhões e no Oriente Médio quase três milhões. Os EUA estão no topo da incidência, com 8,9 milhões de casos, seguidos pela Índia (7,9 milhões) e Brasil (5,4 milhões).

Quanto aos óbitos, as Américas lideram com mais de 626 mil. Na Europa morreram 267 mil e na Ásia Meridional 140 mil. Contudo, a OMS – Organização Mundial da Saúde está preocupada agora com a situação no continente europeu, onde o Sars-Cov2 voltou a fazer estragos.

Nesse contexto, a Rússia anunciou o início da produção de sua segunda candidata a vacina antiCovid-19, chamada EpicVacCorona, que será testada em pessoas com mais de 65 anos de idade na terceira fase de ensaios clínicos.

O produto tem como base materiais sintéticos, e será fabricado no Centro Científico de Virologia e Biotecnologia Vektor. Uma terceira candidata russa está sendo desenvolvida no Centro Federal Científico de Elaboração de Preparados e Imunologia M.P. Chumakov.

A primeira, denominada Sputnik V, tem sido testada em pelo menos 10 mil voluntários na Rússia, Venezuela e Arábia Saudita, e já conta com reservas para imunizar trabalhadores docentes e pessoal médico. O processo poderia começar no final de novembro ou começo de dezembro, segundo informou o ministério da Saúde russo.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up