Comissão de Direitos Humanos do México pede informe sobre o caso Iguala

Havana, 30 de dezembro (RHC).- A Comissão Nacional de Direitos Humanos do México pediu à Secretaria de Defesa Nacional um informe sobre os incidentes violentos de 26 e 27 de setembro passado na localidade de Iguala, que deixaram saldo de seis mortos, dezenas de feridos e 43 estudantes desaparecidos até hoje.

Os pais dos jovens se reuniram com o chefe da Comissão, Luis Raul González, e solicitaram sua ajuda para saber o destino de seus filhos, entregues pela polícia local à organização criminosa Guerreros Unidos. Eles reiteraram que deve ser investigada a atuação dos militares nos fatos, e perguntam por que o Exército não ajudou os estudantes.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up