Panamá destaca resultados de método cubano de alfabetização

alfabetizacion

Havana, 12 de setembro (RHC).- Informe do ministério de Desenvolvimento Social do Panamá destaca que com a aplicação do método audiovisual cubano de alfabetização “Yo sí puedo” mais de 70 mil cidadãos aprenderam a ler e escrever nesse país de 2007 a 2016.

Ao apresentar o documento, o diretor do programa de alfabetização “Muévete por Panamá”, Armando Escarreola, disse que foram beneficiadas pessoas com mais de 10 anos de idade. Os menores passaram depois ao sistema de ensino fundamental. O método cubano utiliza uma combinação de números e letras nas aulas.

Para declarar um país livre de analfabetismo, a UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, exige baixar para menos de 5% o índice dos que não sabem ler nem escrever.

 

Editado por Yusvel Ibáñes Salas



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up