Cuba adverte na ONU sobre desigualdade na América Latina

Havana, 17 de julho (RHC).- O ministro cubano de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, advertiu que a América Latina continua sendo a zona mais desigual do mundo apesar dos esforços na região.

Falando em nome da CEPAL na ONU sobre os resultados do Foro da América Latina e Caribe para o Desenvolvimento Sustentável, Malmierca reiterou o compromisso regional com a implementação da Agenda 2030 e sublinhou os avanços no cumprimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável.

Ressaltou a importância de prestar atenção aos principais desafios dos países em desenvolvimento, especialmente os que se encontram em situações especiais. Cuba é presidente pro tempore da Comissão Econômica para América Latina e Caribe.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up