Cubanos recordam aniversário 88 do natalício do comandante Camilo Cienfuegos

Havana, 6 de fevereiro (RHC).- Os cubanos recordam nesta quinta-feira o aniversário 88 do natalício do comandante Camilo Cienfuegos, que teve um papel de destaque na luta guerrilheira na Serra Maestra e nos primeiros meses do governo revolucionário.

Camilo, uma das figuras mais carismáticas daquela geração de revolucionários, conheceu Fidel Castro no México e fez parte da expedição do iate “Granma” que em dezembro de 1956 desembarcou no leste de Cuba para iniciar a luta armada nas montanhas. Foi um grande amigo do comandante Ernesto Che Guevara, e ambos dirigiram as colunas guerrilheiras que atravessaram de leste a oeste o país em direção a Havana, a capital, onde entraram logo após a queda da ditadura de Fulgencio Batista.

Camilo morreu em 28 de outubro de 1959 quando o pequeno avião em que viajava de Camagüey a Havana sumiu em meio a condições atmosféricas adversas. Na ocasião, o líder histórico Fidel Castro afirmou: “Homens como Camilo Cienfuegos surgiram do povo e viveram para o povo”.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up