Ressaltam em Cuba desafio de manter sob controle o coronavírus

Havana, 23 de julho (RHC).- Na reunião diária sobre a situação epidemiológica em Cuba, encabeçada pelo presidente Miguel Díaz-Canel e o premiê Manuel Marrero, destacou-se o desafio de manter sob controle o Sars-Cov2 e prosseguir na busca de casos positivos entre a população, entre outras medidas de prevenção.

Os protocolos aplicados no país estabelecem internar os contagiados em hospitais e colocar seus contatos em centros de isolamento sob observação durante duas semanas. Ali recebem tratamento de caráter preventivo.

Os casos suspeitos também são acompanhados nos diversos níveis do sistema de saúde. Os viajantes procedentes do exterior são isolados num período de quarentena.

Nesta quinta-feira, o doutor Francisco Durán, diretor nacional de Epidemiologia do ministério da Saúde Pública, informou de quatro novos casos da Covid-19, todos diagnosticados em Havana, a capital.

No total, foram detectados em Cuba até agora 2.466 contagiados, deles cerca de 54% não mostravam sintomas na hora de fazer o teste. Há 11 dias não se registram óbitos no país pela enfermidade. São 87 os falecidos desde o início da pandemia. Cuba tem uma população de pouco mais de 11 milhões de habitantes.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up