Hospital de campanha cubano segue atendendo danificados pelo furacão Idai em Moçambique

Havana, 22 de maio (RHC).- O hospital de campanha enviado por Cuba a Moçambique para atender os danificados pelo furacão Idai ultrapassou as 21 mil consultas em Beira, segunda cidade mais importante da nação africana e uma das mais prejudicadas pelos fortes ventos e chuvas.

A brigada chegou lá 10 dias depois da passagem do fenômeno atmosférico, somando-se aos que já prestavam serviço em Moçambique. É integrada por 40 pessoas, delas 16 médicos especializados em cirurgia, pediatria, ginecologia, ortopedia e outras modalidades. Também, especialistas na prevenção e enfrentamento a epidemias.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up