Organização Mundial da Saúde chama a “atacar” já o coronavírus Covid'2019

Havana, 21 de fevereiro (RHC).- A OMS – Organização Mundial da Saúde chamou a comunidade internacional a “atacar” já o coronavírus Covid'2019, que contagiou mais de 75 mil pessoas na China continental e 1.100 noutros países, e ocasionou mais de 2.200 mortes até agora.

“Este é o momento para atacar o vírus, agora que ainda é manejável”, afirmou o diretor geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus. “Este vírus é muito perigoso. É o inimigo número Um e não está sendo tratado como tal”, apontou.

Nesta sexta-feira, a China anunciou que seus pesquisadores poderiam fazer no final de abril os primeiros testes em humanos de uma vacina contra o Covid-2019. No país estão usadas múltiplas alternativas para o tratamento, entre elas o uso em pacientes graves e críticos do plasma doado por pessoas já curadas, além de medicamentos como o fosfato de cloraquina e outros da medicina tradicional chinesa. Também está sendo testado o remdesivir, antiviral desenvolvido para combater o ebola.

Na cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto detectado pela primeira vez em dezembro passado, serão habilitadas como hospitais 19 instalações temporárias para receber pacientes do coronavírus. No total, seriam 30 mil leitos a mais dedicados a essa tarefa, informou o vice-prefeito, Hu Yabo. Todos contarão com equipamentos de alta tecnologia, como tomógrafos computadorizados, necessários para o diagnóstico e acompanhamento.

Hoje informou-se que pela primeira vez o número de pacientes curados e dados de alta em Wuhan superou o de novos casos detectados na cidade. A informação foi dada por Mi Feng, porta-voz da Comissão Nacional de Saúde.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up