Grupo parlamentar Brasil-Cuba adere à indicação de médicos cubanos ao prêmio Nobel da Paz

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2020-06-24 12:30:25

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 24 de junho (RHC).- O grupo parlamentar de amizade Brasil-Cuba externou seu apoio à campanha internacional para indicar ao prêmio Nobel da Paz o contingente médico cubano “Henry Reeve”, especializado em grandes desastres e epidemias.

Nos últimos meses, milhares de seus integrantes foram enviados a mais de 25 países para ajudar na luta contra a Covid-19.

O documento, assinado por 65 deputados e 12 senadores brasileiros, reconhece o “valor humanitário global” dessa colaboração, prestada inclusive a países desenvolvidos como Itália.

Aponta que a ajuda em matéria de saúde começou logo após a vitória da Revolução cubana em 1959, e desde então tem beneficiado 164 países. Destaca as missões contra o ebola na África e a cólera no Haiti, além da atenção oftalmológica gratuita à população carente na América Latina e Caribe.

 O grupo parlamentar brasileiro, presidido pela deputada Lídice da Mata, do PSB, lembrou a participação de Cuba no programa Mais Médicos, durante o governo de Dilma Rousseff, através da OPS – Organização Pan-americana da Saúde.

Os profissionais da saúde atendiam as pessoas mais pobres nas regiões periféricas e mais afastadas do país. “Mais de 700 dessas jurisdições tiveram um médico pela primeira vez na história”, aponta o documento.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
La Trova Cubana
A seguir
  • Desde Mi Habana
  • La Trova Cubana
  • Retrato de Jazz

Mais vistas

up