Díaz-Canel afirma que a Revolução cubana se mantém firme ante os EUA

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2021-04-19 15:51:24

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Foto: @partido.cu

Havana, 19 de abril (RHC).- Miguel Díaz-Canel, eleito nesta segunda-feira primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba, afirmou que a Revolução Socialista se mantém firme e atuante a 90 milhas dos EUA.

Ao encerrar o 8º Congresso da organização política, em Havana, sublinhou que o evento representou um momento histórico para a continuidade do processo revolucionário, e exaltou a trajetória e o desempenho de Raúl Castro, que acaba de concluir seu mandato.

“Será consultado sobre as decisões estratégicas com maior peso para o destino da nação. Estará sempre presente, bem à par de tudo”, frisou Díaz-Canel. “Obrigado pelo exemplo e o impulso, a força, a confiança e por ajudar-nos a crer em nós mesmos”, apontou.

O primeiro-secretário do PC cubano disse que o que recebe hoje “não são cargos e tarefas, é uma obra heroica e descomunal”. E ressaltou que a geração que representam Fidel e Raúl Castro “pode afirmar que a Revolução não termina com ela”, porque formou novas gerações que agora darão continuidade ao processo revolucionário.

“Essa história se resume em povo e unidade, que é dizer Partido”, indicou Díaz-Canel, e sublinhou que a Revolução transformou o país com justiça social, independência e soberania face ao assédio e agressões de sucessivos governos dos EUA.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge

Mais vistas

up