Díaz-Canel afirma que ciência e inovação são prioridades do governo cubano

Reunión del grupo especial para analizar situación epidemiológica en Cuba

Havana, 25 de fevereiro (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel afirmou que a ciência e a inovação são prioridades do governo cubano, e disse que o maior desafio é continuar aproveitando e estendendo seu potencial em todos os setores.

O mandatário se reuniu com dirigentes do ministério de Energia e Minas e pesquisadores ligados a esse setor estratégico. Do encontro participaram, também, o premiê Manuel Marrero e os vice-primeiro-ministros Ramiro Valdés, Comandante da Revolução, e Inés María Chapman.

Díaz-Canel destacou que reuniões semelhantes têm sido feitas com os cientistas e especialistas engajados no enfrentamento à Covid-19, e frisou que esse desempenho conjunto tem sido fundamental para alcançar os resultados nessa tarefa. Essa prática também foi aplicada nos programas de soberania alimentar e nutricional, indicou.

O chefe de Estado apontou que depois da vitória da Revolução, o líder Fidel Castro promoveu uma política do conhecimento, criando capacidades na ciência, tecnologia e inovação.

E mencionou o grupo empresarial BioCubaFarma, da indústria biotecnológica e farmacêutica. Sublinhou que se trata de um sistema onde a ciência e a pesquisa se tornaram uma força produtiva.

A batalha econômica, que é uma das prioridades que o país tem hoje, nos está exigindo que exista uma gestão da ciência e a inovação de uma maneira mais ampla, mais intensa e mais coerente”, exaltou Díaz-Canel.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up