UNICEF denuncia que conflito no Iêmen se tornou uma guerra contra as crianças

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2018-11-05 11:04:23

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 5 de novembro (RHC).- O UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância denunciou que o conflito no Iêmen se transformou numa guerra contra as crianças.

Ao concluir visita a essa nação, o diretor da entidade para o Oriente Médio e Norte da África, Geert Cappelaere, disse que as decisões sobre operações militares são tomadas por adultos, mas os menores são os primeiros em sofrer as consequências. Revelou que cerca de dois milhões de crianças iemenitas estão desnutridas, delas 400 mil em condição aguda com risco iminente de morrer.

O alto funcionário da ONU falou que a cada dez minutos falece um menor iemenita por causa de doenças infecciosas, e apenas 40% tem acesso a vacinas devido ao colapso do sistema de saúde.

 



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
24 Horas en el mundo
A seguir
  • Inglés
  • Despertar con Cuba
  • Sonido Cubano

Mais vistas

up