Governo de Bolsonaro persegue os Sem-Terra

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2019-12-05 20:41:56

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Brasília, 05 dezembro (RHC).- O governo do presidente do Brasil Jair Bolsonaro persegue os agricultores do movimento sem-terra (MST) devido ao apoio que deram às vigílias para obter a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, denunciaram líderes sociais.

O MST afirma que está alerta devido à perseguição contra os agricultores sem-terra, a paralisação da reforma agrária, os despejos e os planos de criminalizar os trabalhadores rurais.

Bolsonaro está preparando um projeto de lei que daria direito a reagir ante a invasão de uma propriedade privada. Além disso, planeja declarar a autorização de intervenção federal em desalojamentos de terra.

Na última semana, tiveram lugar dois desalojamentos de acampamentos dos sem-terra no nordeste do país.

No estado do Paraná, um dos estados modelos no avanço da reforma agrária, já ocorreram oito desalojamentos.

 



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Desde Mi Habana
A seguir
  • Cartas a la Redacción
  • Cancionero Iberoamericano
  • Mundo 7

Mais vistas

up