Rússia denuncia intentos de boicotar eleições na Venezuela

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2020-12-04 13:12:16

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 4 de dezembro (RHC).- A Rússia denunciou que os intentos de boicotar as eleições legislativas na Venezuela, a serem disputadas neste domingo, mostram os interesses de algumas forças em manter a instabilidade nesse país.

“São lamentáveis os chamamentos a não reconhecer ou boicotar a votação, mas devemos admitir honestamente: as eleições são uma realidade política, portanto carece de sentido ignorá-las”, declarou Maria Zajarova, porta-voz da Chancelaria

Disse que esses segmentos almejam preservar o chamado Projeto Guaidó, referindo-se ao deputado opositor que se autoproclamou Presidente com o apoio dos EUA e outras potências. E indicou que as eleições são chave para ultrapassar as contradições existentes na sociedade venezuelana através das urnas.

Nesse contexto, o ministro das Relações Exteriores da nação sul-americana, Jorge Arreaza, rechaçou um informe apresentado pelo secretário-geral da OEA, Luis Almagro, sobre presumíveis violações dos direitos humanos.

Qualificou de “infame” o documento, e frisou que está baseado em difamações sem sustento jurídico. “Constitui uma evidente operação de propaganda contra as instituições venezuelanas e suas autoridades”, apontou.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Desde Mi Habana
A seguir
  • La Trova Cubana
  • Retrato de Jazz
  • Estampas

Mais vistas

up