China se declara livre da pobreza absoluta

Presidente Xi jinping

Havana, 25 de fevereiro (RHC).- O presidente da China, Xi Jinping, declarou o fim da pobreza absoluta nesse país e destacou os avanços socioeconômicos desde 2012 na luta contra esse flagelo que datava de séculos.

O mandatário prestou homenagem aos mais de 1.800 funcionários que morreram cumprindo essa missão, e condecorou outros que tiveram um desempenho extraordinário.

Indicou que no período cerca de 99 milhões de cidadãos chineses melhoraram seu padrão de vida e saíram dessa categoria, e também houve avanços nos 832 condados mais desfavorecidos em termos de habitação, serviços públicos, infraestrutura viária, transporte e oportunidades de emprego e educação.

Os resultados da luta contra a pobreza foram consolidados com a revitalização rural, apontou o mandatário chinês. Dessa maneira, o país asiático cumpre, dez anos antes, essa meta da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up