Organização Mundial da Saúde critica desigualdade no acesso às vacinas antiCovid

Editado por Irene Fait
2021-09-14 19:07:08

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 14 de setembro (RHC).- A Organização Mundial da Saúde voltou a criticar a desigualdade no acesso às vacinas contra a Covid-19. “A chamativa inequidade na distribuição mundial das vacinas é uma mancha em nossa consciência coletiva”, declarou seu diretor geral, TedrosAdhanomGhebreyesus na reunião do comitê regional do organismo para Europa.

Indicou que quase 80% dos imunizantes aplicados até hoje foram em países de renda alta e média-alta. “Não queremos que se generalize o uso de reforços para pessoas sadias, quando tantos trabalhadores da saúde e pessoas de risco no mundo todo continuam esperando sua primeira dose”, assinalou.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Nuestra América
A seguir
  • De Cuba Son
  • Efemérides
  • Reflejos

Mais vistas

up