Orçamento nacional de 2018 dará prioridade à esfera social

Havana, 22 de dezembro (RHC).- O parlamento cubano, reunido em Havana, aprovou o orçamento do Estado para 2018, que dará prioridade às esferas de saúde, educação e assistência social, cujos serviços são gratuitos e de acesso para todos os cidadãos.

O documento foi apresentado pela ministra de Finanças e Preços, Lina Pedraza, e submetido ao debate prévio nas comissões de trabalho da Assembleia Nacional. A saúde pública e a assistência social terão 27% do montante total, enquanto 21% será destinado à educação e 17% à seguridade social.

Pedraza informou que em 2018 se prevê um crescimento de 4,3% nos ingressos em relação com este ano. As despesas nas atividades que dependem do orçamento estatal aumentarão 3%. A ministra falou que a distribuição das verbas disponíveis mostra o caráter de justiça social e proteção dos direitos humanos que distingue a Revolução cubana, algo que não acontece em muitas partes do mundo.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up