Bloqueio norte-americano barra aquisição de ventiladores artificiais para doentes da Covid-19 em Cuba

Havana, 13 de abril (RHC).- O diretor-geral da América Latina no ministério cubano das Relações Exteriores, Eugenio Martínez, denunciou que as empresas IMT Medical AG e Acutronic, provedoras de equipamentos de ventilação artificial a Cuba, comunicaram que não vão poder continuar suas operações por causa das leis do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA a esta Ilha há quase 60 anos.

Ambas foram compradas pela norte-americana Vyaire Medical Inc., com sede em Illinois, e agora correm o risco de serem alvo de sanções de Washington se prosseguirem as transações com a companhia Medicuba.

Por sua vez, Luis Silva, presidente de Medicuba, instou o governo norte-americano a mostrar evidências das supostas vendas de medicamentos a esta Ilha. Disse que os representantes das companhias dos EUA que dizem ter feito operações desse tipo estão mentindo. “Cuba não pode comprar medicamentos a empresas dos EUA por causa do bloqueio”, sublinhou.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up