Díaz-Canel destaca aniversário de dois centros científicos cubanos

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2020-07-02 12:45:42

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 2 de julho (RHC).- O presidente Miguel Díaz-Canel destacou no Twitter o aniversário de dois centros científicos cubanos: o CNIC – Centro de Pesquisas Científicas fundado há 55 anos, e o CIGB - Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, há 34 anos. Ambos surgiram por iniciativa do líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro.

Díaz-Canel sublinhou que o CNIC foi o primeiro centro científico criado no país após a vitória da Revolução, e ressaltou a obtenção de medicamentos como o PPG. Também, sua contribuição ao enfrentamento à pandemia atual.

Quanto ao CIGB, disse que é “orgulho da ciência cubana à serviço da nação e da humanidade”. Nele surgiram o primeiro interferon e o primeiro anticorpo monoclonal concebidos no país, além de vacinas como a da Hepatite-B. Também, o Heberprot-P, usado para acelerar a cicatrização das úlceras do chamado “pé diabético” e evitar amputações nos membros inferiores.

Noutra mensagem, Díaz-Canel afirmou que Cuba tem memória histórica, ao lembrar que em 1960 o Congresso norte-americano deu luz verde a uma lei para eliminar a quota de importação de açúcar procedente desta Ilha. “Nome ilustrativo: chamaram Lei Punhal a que foi aprovada pelo Congresso dos EUA em dois de julho de 1960 para suprimir nossa quota açucareira”, indicou no Twitter. E sublinhou que as autoridades cubanas responderam com a Lei Escudo, que nacionalizou propriedades no país.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Desde Mi Habana
A seguir
  • La Trova Cubana
  • Un lugar para la poesía
  • Reflejos

Mais vistas

up