Empresas hoteleiras espanholas reiniciarão operações em Cuba em novembro

Editado por Irene Fait
2021-09-20 12:38:28

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, 20 de setembro (RHC).-A empresa espanhola Meliá anunciou que 18 de seus hotéis em Cuba reiniciarão suas operações em novembro, a partir da decisão das autoridades locais de reabrir as fronteiras aos viajantes do exterior em meados desse mês. A flexibilização está baseada no avanço do processo de vacinação no país, a efetividade dos imunizantes e o fato de, nessa data, 90% da população estar protegida contra a Covid-19.

Entre os hotéis que voltarão a funcionar se destacam o Meliá Habana e o Tryp Habana Libre na capital, e o Meliá Internacional, Meliá LasAntillas, Paradisus e Sol Palmeras no balneário de Varadero. Também se somam outros em Cienfuegos, Cayo Santa María, Cayo Coco e Holguín.

Outra empresa espanhola, a ROC Hotels, que opera em parceria com a cubana Gran Caribe, também anunciou o retorno às operações turísticas de dois de seus hotéis nesta Ilha a partir de 15 de novembro.

Mirelys Miranda, especialista comercial, informou que se trata do ROC Presidente, em Havana, e o ROC Barlovento, em Varadero. O ROC Arenas Doradas, nesse balneário, já está funcionando. Destacou a procura dessas ofertas em vários mercados, especialmente o alemão, onde essas instalações têm muito prestígio.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
De Cuba Son
A seguir
  • Efemérides
  • Reflejos
  • La Trova Cubana

Mais vistas

up