Cuba presta atenção médica a crianças vítimas da radiação de Chernobil

Havana, 27 de abril (RHC).- Hoje, Cuba presta atenção médica a 800 crianças vítimas da radiação do acidente da usina eletronuclear de Chernobil, ocorrido em 26 de abril de 1986 e considerado o mais grave da história.

Matéria publicada no jornal “Granma”, editado em Havana, lembra que Cuba foi uma das primeiras nações em oferecer seu apoio para restaurar a saúde dos afetados pela radioatividade, a maioria crianças e adolescentes. O programa de reabilitação tem como sede, há três décadas, o balneário de Tarará, na periferia desta capital. Até agora foram atendidos 24 mil menores procedentes da Ucrânia, Rússia e Belarus.

Editado por Yusvel Ibáñes Salas



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up