Médicos cubanos atenderam dois bilhões de pessoas no mundo nos últimos 60 anos

Havana, 23 de fevereiro (RHC).- Os médicos cubanos atenderam cerca de dois bilhões de pessoas no mundo desde que começou, há 60 anos, a colaboração nessa matéria no exterior.

“Esses resultados elevam o prestígio da medicina cubana no âmbito internacional. Atualmente mais de 30.400 profissionais cubanos da saúde se encontram em 66 nações em brigadas médicas permanentes”, declarou Jorge Delgado, diretor da Unidade Central de Cooperação Médica.

Disse que 56 grupos foram enviados a dezenas de países para ajudar a enfrentar a Covid-19, inclusive na Europa, e 25 deles ainda estão prestando seu serviço.

Delgado lembrou que o contingente médico cubano “Henry Reeve”, especializado em grandes desastres e epidemias, atendeu vítimas dos terremotos no Paquistão, em 2005, e no Haiti, em 2010, e também enfrentou o surto de ebola na África Ocidental em 2014.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up