Vietnã, convidado de honra da Feira Internacional do Livro

Por: Maria Josefina Arce

A mais recente edição da Feira Internacional do Livro em Havana se realiza, como todos os anos, no complexo Morro-Cabaña e, nesta ocasião, o convidado de honra é uma nação com a que Cuba mantém relações fraternas: o Vietnã.

A delegação vietnamita desembarca com as mais recentes novidades literárias naquele país e traz outras expressões de sua cultura e costumes.

Quem visitar a Feira até o dia 16 de fevereiro no complexo Morro-Cabaña, ou em outros pontos do evento cultural, poderá se aproximar de renomados escritores e poetas vietnamitas cujas obras foram traduzidas a diferentes idiomas.

Em recentes declarações, o embaixador do Vietnã em Cuba, Nguyen Trung Thanh, realçou a importância da Feira com os olhos postos na possibilidade que oferece para mostrar uma cultura tão antiga quanto o próprio homem.

Os cubanos poderão desfrutar, também, o Conjunto Artístico Folclórico do Vietnã no Teatro Nacional, na capital, e variado programa artístico-literário no forte de San Carlos de la Cabaña.

As autoridades vietnamitas afirmam que a participação de seu país como convidado de honra no encontro literário não é obra da casualidade. Deve-se à vontade comum de continuar fortalecendo as relações históricas de amizade que unem os dois povos.

É, também, a oportunidade de começar bem o programa pelo 60º aniversário das relações diplomáticas entre Cuba e o Vietnã, em 2 de dezembro.

Hoje, a colaboração econômica entre os dois governos e suas empresas e o entendimento político entre os Partidos Comunistas de ambas as nações, assim como a relação de amizade, estão firmes e se ampliam.

No ano passado, os vínculos se consolidaram baseados no respeito mútuo e na solidariedade. Nos doze meses de 2019 o intercâmbio entre as duas nações se manteve no mais alto nível.

Havana acolheu a 5ª Sessão de Consultas entre Chancelarias, e Hanói sediou a 37ª Comissão Intergovernamental entre os dois Estados, durante a qual foram assinados vários acordo para aprofundar a cooperação.

Ambas as partes concordaram em prestar atenção especial à implementação do acordo comercial assinado em 2018 e atualizar a agenda econômica para o período 2020-2025.

Acertaram, também, propulsar os projetos de investimento com capital vietnamita em processo de execução e continuar dando prioridade à cooperação no setor agroalimentar e à cooperação técnico-científica.

A parte cubana está determinada a potenciar as exportações de bens e serviços, especialmente na área da medicina.

A Feira Internacional do Livro em Havana 2020, que escolheu o Vietnã como convidado de honra, permitirá conhecer melhor a cultura e os costumes de um povo ao que os cubanos estão unidos por seis décadas de amizade e cooperação.

 

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up