Governo da Venezuela reitera disposição ao diálogo com a oposição

Havana, 3 de agosto (RHC).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reiterou a disposição do governo de manter o diálogo com a oposição, em curso em Barbados, com o objetivo de preservar a paz e a estabilidade social. No Twitter, Maduro agradeceu os representantes da direita que participam das conversações auspiciadas pela Noruega.

Por sua vez, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, externou seu respaldo à iniciativa e exortou ambas as partes a prosseguirem os esforços em favor do povo venezuelano.

Maduro também anunciou que denunciará no Conselho de Segurança da ONU a ameaça de Washington de impor um bloqueio naval à Venezuela. Garantiu que o povo repudia as palavras do presidente norte-americano, Donald Trump, a respeito de que cogita tomar essa medida.

Em Caracas, o chanceler Jorge Arreaza disse que o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, deveria falar sobre as violações dos direitos humanos cometidas por Washington noutros países antes de atacar a Venezuela. No Twitter, ressaltou que essa nação sul-americana não tem nenhuma base militar nem centros clandestinos de tortura no exterior, ao contrário dos EUA.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up