Traumatismo craniano é a terceira causa de morte no México

Havana, 2 de setembro (RHC).- Os traumatismos cranianos constituem a terceira causa de morte no México, revelou Claúdia Madelenie Medina, catedrática da Universidade Popular Autônoma de Puebla, ao anunciar a realização, em outubro, de um curso internacional sobre reabilitação cognitiva de pessoas com dano cerebral.

Medina falou que as causas mais frequentes são os acidentes de trânsito, quedas, agressões violentas e lesões no esporte. Disse que apesar dos avanços na medicina e nas ciências, hoje muitos dos que sobrevivem a um traumatismo craniano ficam com sequelas, entre elas alterações cognitivas, instabilidade emocional e problemas físicos por causa dos danos no cérebro.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up