Prosseguem gestões para volta dos médicos cubanos sequestrados no Quenia

Havana, 24 de maio (RHC).- Os ministros de Saúde Pública de Cuba, José Angel Portal, e do Quênia, Sicily Kariuki, se reuniram para avaliar as gestões feitas no país africano para garantir a volta dos dois médicos cubanos sequestrados em 12 de abril passado.

“Tive um encontro com a ministra de Saúde do Quênia. Analisamos o andamento da cooperação bilateral. A ministra ratificou que prosseguem as ações do governo do seu país para conseguir a volta de nossos dois médicos sequestrados”, escreveu Portal no Twitter.

Os dois colaboradores foram raptados por presumíveis membros do grupo yihadista somaliano Al Shabab na localidade queniana de Mandera, na fronteira com a Somália. Eles fazem parte da brigada de 101 médicos cubanos que chegou a essa nação no ano passado através de um acordo bilateral.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up