Cubanos em Tóquio competiram no judô e natação

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2021-07-27 21:51:50

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Collage: Prensa Latina

Havana, 27 de julho (RHC).- Outra jornada sem mágoa nem glória viveu a delegação cubana no Japão. Os três que competiram ontem não conseguiram se colocar entre os finalistas em suas modalidades, e regressarão à casa só com a experiência dentro de suas bagagens.

No Centro Aquático de Tóquio, o nadador cubano Luis Vega marcou 1m59 na classificatória dos 200m estilo borboleta, um pouco abaixo do seu recorde nacional, e ocupou o lugar 31 entre todos os participantes.

Antes, nos 400m medley, concluiu no posto 29. Sua companheira Elisbet Gámez, que competiu com moléstias num ombro, ficou na 23ª colocação nos 200m estilo livre. Há cinco anos, nos Jogos do Rio’2016, ela terminou no lugar 36 na mesma prova.

No judô, Magdiel Estrada, 26 anos, campeão pan-americano em Toronto’2015 e Lima’2019, foi surpreendido com uma técnica de varrida pelo moldavo Victor Strepu e recebeu ippon, sendo eliminado logo no primeiro combate. Ele ficou no lugar 17, sendo o latino-americano melhor posicionado nos 73 quilos nesta Olimpíada.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
A seguir
  • Portugués
  • Nuestra América
  • De Cuba Son

Mais vistas

up