Rússia denuncia presença de mercenários em operação militar do governo ucraniano

Havana, 23 maio (RHC).- O Estado Maior do Exército da Rússia confirmou a participação de mercenários estrangeiros, norte-americanos inclusive, na operação militar das autoridades ucranianas.
 
O Estado Maior tem dados da presença de mercenários contratados por empresas militares estrangeiras, revelou Valeri Guerasimov, chefe do alto mando militar, durante a Conferência Internacional sobre Segurança, que se realiza em Moscou.
 
Por sua vez, a recém-proclamda República Popular de Donetsk anunciou o recrutamento em massa da população masculina na faixa de 19 a 40 anos, para completar as milícias de auto-defesa.
 
Membros armados do grupo neofascista Setor Direito fuzilaram 30 soldados da Guarda Nacional que se negaram a atirar contra civis em um povoado de Lugansk, onde foi estabelecida a lei marcial.

Editado por Juan Leandro



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up