Vacinas cubanas antiCovid poderiam estar disponíveis para outros países em agosto

Editado por Lorena Viñas Rodríguez
2021-03-08 15:35:48

Pinterest
Telegram
Linkedin
WhatsApp

Havana, oito de março (RHC).- Vicente Vérez, diretor do Instituto Finlay de Vacinas, com sede em Havana, declarou que as candidatas cubanas antiCovid-19 poderiam estar disponíveis para outros países em agosto, levando em conta o bom andamento dos ensaios clínicos.

A Soberana 02 é a mais avançada, já em fase Três, e a Abdala deve entrar nos próximos dias nessa etapa.

Em entrevista concedida ao jornalista peruano Nicolás Lúcar, da rede de rádio e televisão “Exitosa”, indicou que provavelmente a Soberana 01 também estará pronta nessa data.

Explicou que as pesquisas dos cientistas cubanos partiram das plataformas concebidas pelo Instituto Finlay para vacinas anteriores desenvolvidas em Cuba, como as da meningite, da influenza tipo B e do pneumococo, focadas principalmente nas crianças. Todas provaram ser muito seguras, apontou.

“Com o protótipo conseguimos despertar uma resposta imune muito potente contra a substância do vírus, que está desenhada para tratar de evitar que o Sars-Cov2 penetre na célula”, explicou o diretor do Instituto Finlay. E garantiu que as candidatas antiCovid cubanas serão eficazes, também, contra as novas variantes do coronavírus.

No sábado, Nicolás Lúcar chamou o governo peruano a entrar em contato com Cuba para ter acesso a essas vacinas. O jornalista ressaltou que o Instituto Finlay conta com alto reconhecimento internacional, e sublinhou que ante a necessidade de garantir imunizantes para a população peruana essa seria uma das alternativas.



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
Reproduzindo agora
Desde Mi Habana
A seguir
  • La Trova Cubana
  • Retrato de Jazz
  • Estampas

Mais vistas

up