Duas candidatas cubanas de vacina antiCovid prontas para fase Três de ensaios clínicos

Havana, 26 de fevereiro (RHC).- Vicente Vérez, diretor do Instituto Finlay, anunciou que a Soberana 02, uma das quatro candidatas cubanas de vacina antiCovid, entrará na fase Três de ensaios clínicos na semana que vem.

Em coletiva de imprensa em Havana, disse que participarão cerca de 44 mil voluntários, e revelou que o país tem capacidade para produzir 100 milhões de doses do imunizante, suficientes para proteger toda a população e também para exportar às nações interessadas.

Por sua vez, o diretor geral do Centro de Imunologia Molecular, Eduardo Ojito, garantiu que essa entidade já fabricou as 340 mil doses necessárias para esta etapa. Antes, no Twitter, Vérez indicara que se trata de um sonho tornado realidade. “Outro dos avanços da ciência cubana em tempos de Covid-19. Orgulho de todos os que estamos em Cuba Pela Vida”, indicou.

Na quarta-feira passada, o grupo empresarial BioCubaFarma informou que começara a produção em grande escala da candidata Abdala, concebida pelos cientistas do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, que iniciará a fase Três em meados de março. Neste caso, os encarregados são os Laboratórios AICA, em Havana.

Cuba tem mais duas candidatas de vacina antiCovid em processo de ensaios clínicos: a Soberana 01 e a Mambisa, esta última administrada pela via nasal.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up