Presidente do México afirma que no país há 300 hospitais abandonados por causa da corrupção

Havana, 16 de janeiro (RHC).- O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, afirmou que no país existem 300 hospitais abandonados e sem funcionar por causa da corrupção.

“Às vezes concluíam as obras mas não tinham orçamento para equipá-los nem para operá-los com médicos e medicamentos”, apontou ao se referir a instalações paralisadas em governos anteriores. Disse que as irregularidades são resultado da corrupção na hora de fazer os contratos.

O mandatário mexicano disse que tomou conhecimento da situação em suas viagens pelo país, e anunciou que em fevereiro começará a funcionar o hospital oncológico de Chetumal, em Quintana Roo, que carecia de equipamentos e de pessoal médico.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up