China destaca tendência positiva no controle do coronavírus no território continental

Havana, 22 de fevereiro (RHC).- A Comissão Nacional de Saúde da China destacou a tendência positiva no controle do surto de coronavírus no território continental. Zeng Yixin, vice-diretor desse órgão, garantiu que o número de novos contagiados com o Covid-2019 está diminuindo gradualmente, inclusive em Wuhan e no resto da província de Hubei, epicentro da epidemia.

O pico de novos diagnosticados foi em 12 de fevereiro, com 15.152 casos. Na quinta-feira passada foram menos de 900. A região autônoma do Tibete não tem novas incidências desde 30 de janeiro.

Na Coreia do Sul, o primeiro-ministro Chung Sye Kyun transmitiu à população uma mensagem especial para dizer que o país se encontra numa “emergência grave” pelo aumento dos casos confirmados do coronavírus. Já são 433. Isso significa 229 mais dos que tinham sido diagnosticados até ontem de manhã.

“De acordo com nossas leis e princípios, o governo vai agir sem reparos contra aqueles atos que interfiram com os esforços de quarentena, como o estoque ilegal de medicamentos”, sublinha a mensagem do premiê sul-coreano. Ele se apresentou na televisão vestido com um uniforme amarelo próprio dos serviços de emergência.

Na Itália, cerca de uma dúzia de localidades do norte do país foram declaradas em quarentena após a primeira morte de um paciente do coronavírus e a confirmação de casos que não tiveram relação alguma com a origem do surto. Os contágios secundários levaram a decretar o fechamento de escolas, comércios e restaurantes na Lombardia e Vêneto, além de suspender eventos esportivos e missas. O prefeito de Milão, considerada capital comercial da Itália, mandou suspender o trabalho nos escritórios públicos.

Nesse contexto, as autoridades japonesas decidiram testar o Avigan no tratamento dos contagiados. O produto é usado contra a influenza. “Faremos o que for possível, porque ainda não existe um tratamento formal estabelecido para o Covid-2019”, declarou o ministro da Saúde, Katsunobu Kato.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up