Cuba denuncia na UNESCO impacto do bloqueio norte-americano na luta contra a Covid-19

Havana, 3 de julho (RHC).- Cuba denunciou na UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura o impacto do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos EUA na luta contra a Covid-19 no país.

Falando no Conselho Executivo da entidade, a representante permanente, Yahima Esquivel, disse que em momentos em que as nações deveriam colocar a solidariedade, colaboração e diálogo acima das divergências e conflitos, o governo norte-americano faz o contrário, gerando enormes dificuldades a Cuba na aquisição de medicamentos, equipamentos médicos, material hospitalar e outros insumos.

Apesar dessa política hostil, as autoridades cubanas reiteram seu compromisso com o esforço coletivo e a promoção da solidariedade, apontou a diplomata.

E mencionou que profissionais da saúde desta Ilha participam hoje do enfrentamento à pandemia nos países em que prestam serviço, colaborando com os sistemas de saúde locais.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up